Camisetas de banda: 3 dicas úteis para não pagar mico

17 dez

Peça versátil e importante em qualquer guarda-roupa, não há quem não use ou não tenha ao menos algumas camisetas em seu closet. Dentro deste contexto t-shirts, uma forte tendência atual é a famosa camiseta de banda.

tumblr_lqg8kkIZqM1qgl2eao1_500_large

Básicas, criativas e estilosas, é preciso ter um pouco de cuidado ao entrar na sua loja de fast fashion e comprar uma camiseta do Ramones ou AC/DC, por exemplo. Entenda o motivo a seguir.

1-      Banda ou grife?

feminino-camisetas-ramones-frente-350x350

 

Você pode ter curtido muito a estampa de determinada camiseta, como estas que estão “na moda” (as logomarcas das bandas mencionadas acima: Ramones e AC/DC) nas vitrines de redes de vestuário como a Renner, por exemplo. Mas seja sincera: você sabe o que tais estampas representam? Muito além de uma simples estampa, seja o símbolo do Ramones, ACDC ou qualquer outra banda ou grupo musical, elas refletem muitas vezes um estilo de vida e comportamento: o Rock!

2-      Massificação

14546-bf65ac5e0980f2feebcfac9a3df6d64f

 

Como ocorreu um boom de camisetas deste estilo, é comum que muita gente não saiba do que se trata, afinal, ninguém é obrigado a saber também que AC/DC é uma banda de hard rock e Ramones um ícone do Punk universal (mesmo com toda visibilidade de ambas). É exatamente aí que mora o perigo!  Com o perdão da comparação, se você não se identifica com a proposta de tal estilo, ao optar por tal modelo poderíamos comparar ao fato hipotético de uma palmeirense vestir uma camiseta do Corinthians, ou vice-versa.

3-      Usar ou não usar?

Várias-camisetas-de-rock

O melhor a fazer é utilizar seu bom senso. Se você não gosta do gênero rock, mas acha a estética bacana, nada impede você de usar, porém, tenha em mente que em algum momento você poderá ser questionada sobre determinada escolha, principalmente se o look puxado pro rock and roll não for seu estilo e muito menos não combinar com você. Lembre-se sempre da máxima da moda que é sentir-se bem consigo mesma.

Por Luís Perossi: https://www.facebook.com/perossiredator

No comments yet

Deixe seu comentario